Alemanha rejeita possível retorno da Rússia ao G7

Ministro alemão diz que governo russo precisa cooperar para resolver conflito na Ucrânia.

O governo da Alemanha rejeitou a proposta do presidente Donald Trump, dos Estados Unidos, de readmitir a Rússia ao G7, o grupo das economias mais avançadas. 

O chanceler alemão, Heiko Maas, afirmou que não vê nenhuma chance de permitir o retorno de Moscou enquanto não houver progresso significativo na resolução do conflito na Crimeia e no leste da Ucrânia.

A declaração foi feita em entrevista ao jornal alemão Rheinische Post.

 O governo de Vladimir Putin foi expulso do G7 em 2014 após Moscou anexar a Crimeia, parte da Ucrânia.

O chanceler Maas afirmou que a Rússia poderia contribuir para sua volta ao G7 se ajudasse a costurar uma solução pacífica para o conflito ucraniano.

Comentários