Após denúncia de Duda Reis, arma de paintball é apreendida na casa de Nego do Borel

Policiais da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) apreenderam uma arma usada para jogar paintball na casa do cantor Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel, na Zona Oeste do Rio. Os agentes apuravam uma denúncia feita por Maria Eduarda Reis Barreiro, a Duda Reis, de que o ex-namorado teria uma fuzil de verdade em sua residência. De acordo o delegado Alan Luxardo, titular da 42a DP, entretanto, trata-se de um simulacro, não tendo sido identificado nenhum crime por parte do artista.

No início da tarde, Nego do Borel comentou a ação da polícia no perfil dele no Instagram.

— Nós estamos aqui dentro da nossa legalidade, eu e toda a minha equipe. A gente está correndo atrás dos nossos direitos, na forma legal, para provar a minha inocência para vocês em tudo que está acontecendo. A polícia acabou de sair na minha casa. Eles vieram aqui e eu autorizei a entrada deles, porque não tem nada errado. Eles viram. Levaram uma arma de airsoft que eu tinha. Ela (Duda Reis) fala lá que eu tinha uma arma em casa. É isso, só para dar um parecer para vocês — disse o cantor.

denúncia de Duda Reis foi feita na quinta-feira (13), na Delegacia da Mulher de São Paulo. No registro, ela conta ainda que Nego do Borel guardaria grande quantidade de dinheiro em espécie em casa, o que também não foi localizado pelos policiais.

Nego do Borel e Duda Reis
Nego do Borel e Duda Reis Foto: Reprodução – Instagram

Em depoimento, a atriz narrou episódios de abuso, agressões e ameaças que diz ter passado durante o relacionamento de três anos com o cantor.

“Que ao término da relação, em dezembro de 2020, a vítima descobriu constantes traições por parte do autor e passou a temer pela sua vida e de seus familiares, após diversos abusos. Que descobriu na residência do autor, uma arma fuzil e um cofre com 2 milhões de reais em espécie”, consta do relato no boletim de ocorrência obtido pelo EXTRA.

De acordo com o documento, Duda acusa o ex-noivo de estupro de vulnerável, ameaça, injúria, lesão corporal, além de alegar que contraiu HPV (infecção transmitida através do ato sexual), em decorrência de relações extra-conjugais mantidas por Nego durante o período em que estavam juntos.

Segundo a Polícia Civil de São Paulo, a Justiça analisa os pedidos de medidas protetivas em relação a Nego. Ainda conforme ressalta o órgão, foi instaurado um inquérito para apurar as acusações feitas pela influenciadora.

O cantor admitiu que traiu a atriz, mas negou as outras acusações. Em vídeo publicado em seu perfil no Instagram, Nego do Borel disse que “nunca agrediu ou praticou qualquer tipo de violência contra ela”. Ele registrou uma ocorrência na Polícia Civil do Rio contra a ex-namorada por injúria, calúnia e difamação. De acordo com o artista, ele está sendo vítima de acusações mentirosas por parte da jovem. Ele alega que Duda não aceita o fim do namoro de três anos e estaria “criando toda a movimentação social como forma de vingança”.

Extra

Comentários