Após derrota, lateral do Barcelona detona: “Já nos jogam muita m… para jogarmos em nós mesmos”

Parece que a crise do Barcelona não tem hora nem dia para acabar. Nesta quinta-feira, o Barça foi eliminado nas quartas de final da Copa do Rei, ao ser derrotado por 1 a 0 pelo Athletico Bilbao, já nos acréscimos. É a primeira vez em sete temporadas que o time catalão não chega na decisão da competição. Após a derrota, o lateral-esquerdo Jordi Alba criticou as recentes declarações do secretário-técnico Éric Abidal, de que havia jogadores insatisfeitos e não se empenhando.

– Quem está dando a cara somos nós, jogadores e comissão técnica. Já nos jogam muita m… de fora do clube, para nós jogarmos em nós mesmos de dentro. Abidal não é uma pessoa de fora. Foi jogador e sabe o que acontece no vestiário. Temos que nos ajudar – disparou Jordi Alba.

O lateral-esquerdo ressaltou que os jogadores seguem unidos e não querem que nada atrapalhe essa reta final de temporada – o Barça ainda disputa a liderança do Campeonato Espanhol com o Real Madrid (está três pontos atrás) e continua vivo na Liga dos Campeões.

No início da semana, Abidal deu uma entrevista ao jornal “Sport” explicando as razões da demissão do técnico Ernesto Valverde. Segundo ele, “muitos jogadores estavam insatisfeitos” com o treinador. Maior astro do Barcelona, o craque Lionel Messi se manifestou sobre o assunto, em tom crítico, nas redes sociais. O argentino pediu aos dirigentes do clube que “assumissem as suas responsabilidades”. Quando Valverde foi demitido, Messi foi um dos primeiros a apoiá-lo.

+ Entenda: Crise no Barcelona domina capas na Espanha

Nesta quarta-feira houve uma reunião com as principais liderança do elenco e o respaldo foi unânime ao camisa 10.O novo técnico do Barcelona, Quique Setién, colocou panos quentes e disse que não iria se meter no assunto. Mas, pelo jeito, a crise ainda está longe de acabar.

Barcelona é eliminado da Copa do Rei pelo Athletic Bilbao — Foto:  REUTERS/Vincent West

Barcelona é eliminado da Copa do Rei pelo Athletic Bilbao — Foto: REUTERS/Vincent West

Comentários