Barros disse que as ‘acusações’ de Miranda não são ‘objetivas’

“Fica evidente que não há dados concretos”, diz líder do governo na Câmara.

Reafirmo minha disposição de prestar os esclarecimentos à CPI da Covid e demonstrar que não há qualquer envolvimento meu no contrato de aquisição da Covaxin“, afirmou o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR).

A declaração foi feita por Barros em nota neste domingo (27).

Barros rebateu as acusações apresentadas pelo deputado Luis Miranda (DEM-DF) na CPI da Pandemia sobre a compra da vacina Covaxin, da Índia.

Fica evidente que não há dados concretos ou mesmo acusações objetivas, inclusive pelas entrevistas dadas no fim de semana pelos próprios irmãos Miranda“, acrescentou Barros.

O deputado Luis Miranda e seu irmão, o servidor do Ministério da Saúde, Luis Ricardo Miranda, dizem ter levado ao presidente Jair Bolsonaro uma denúncia sobre supostas irregularidades na compra do imunizante indiano.

Renova Mídia

Comentários