Bolsonaro indica que ampliará lista de atividades essenciais

Ao serem classificados como essenciais, as atividades e serviços podem continuar em operação mesmo na quarentena.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, neste domingo (10), que ampliará o rol de atividades essenciais durante a pandemiado coronavírus.

Os serviços essenciais são aqueles autorizados a funcionar a despeito das medidas de distanciamento social.

Em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, Bolsonaro disse a apoiadores:

“Amanhã [hoje] devo botar mais algumas profissões como essenciais. Vou abrir, já que eles não querem abrir, a gente vai abrindo aí.”

Na última quinta-feira (7), como noticiou a RENOVA, Bolsonaro decretou que as atividades industriais e a construção civil também são essenciais em meio ao avanço do novo coronavírus. 

Comentários