Brasil conseguiu mostrar ao mundo resultados no combate à pandemia, diz Queiroga após reunião do G20

O desfecho das discussões da área da saúde na cúpula do G20, na Itália, foi considerado satisfatório pelo governo federal. O ministro Marcelo Queiroga disse que o Brasil pode mostrar ao mundo os resultados no combate à pandemia da Covid-19. “O presidente Bolsonaro teve a oportunidade de mostrar tudo o que tem feito durante a pandemia e ele, desde o início defendeu claramente a necessidade de enfrentar os problemas da saúde e também a economia. Hoje, é isso que estamos fazendo no Brasil. Vivemos, há sete meses, uma ambiência com uma tranquilidade epidemiológica cada dia maior. Tivemos uma queda, nesse período, de 90% do número de casos e 90% do número de óbitos”, afirmou. Um dos desafios debatidos pelos ministros da Saúde do G20 foi a expansão da vacinação em todos os continentes. Neste novo cenário, o Brasil tem um papel de protagonista pela abrangência da imunização e por se tornar um fornecedor de vacinas. “Na meta é ter 70% da população mundial, em julho do ano que vem, vacinada ao menos com uma dose. E o Brasil é protagonista nessa ação e deve participar no início e um portador de vacinas. Hoje, nós já temos capacidade de produção e nós vamos exportar vacina contra a Covid-19 para ajudar o mundo”, declarou o ministro Queiroga. Ele apontou ainda que a estratégia de vacinação para 2022 já está traçada, com 354 milhões de doses asseguradas.

*Com informações do repórter Daniel Lian

Jovem Pan

Comentários