Brasil e EUA assinam acordo de colaboração em pesquisa científica

“Espero que possamos levar mais crianças ao espaço”, celebrou o ministro Pontes.

Os governos do Brasil e dos Estados Unidos assinaram um novo acordo de colaboração em pesquisa científica e educação.  

A parceria foi formalizada na última quarta-feira (25) entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e o Instituto Smithsonian, uma instituição educacional e de pesquisa associada a um complexo de museus, fundada e administrada pelo governo norte-americano. 

O acordo prevê ações conjuntas de pesquisa, formação e educação em ciências nas áreas STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharias e Matemática). 

Durante a assinatura do memorando de entendimento, o ministro Marcos Pontes reforçou que sempre buscou estimular o interesse das crianças pelas carreiras científicas: 

“Esse é apenas primeiro passo de uma forte cooperação. Temos muitas outras áreas em que podemos atuar juntos. Espero que possamos levar mais crianças ao espaço.”  

O ministro acrescentou que a parceria com o instituto vai possibilitar projetos conjuntos de pesquisa e educação com várias unidades de pesquisa do MCTI, como o Museu de Astronomia e Ciências Afins, o Museu Emilio Goeldi, além de institutos que atuam na Região Amazônica. 

Comentários