Corinthians vence o Avaí e segue vivo na briga pela Libertadores

Timão está vivo!

O Corinthians está muito vivo na briga por uma vaga na Libertadores da América de 2020. Na noite desta quarta-feira, em Itaquera, o Timão venceu o já rebaixado Avaí por 3 a 0, pela 35ª rodada do Brasileirão, com gols de Gustavo, Júnior Urso e Boselli, e voltou a triunfar depois de três rodadas. O time catarinense, que vai disputar a Série B do ano que vem, até começou bem a partida, assustando o rival paulista. Mas depois que sofreu o primeiro gol não conseguiu mais reagir. Veja os melhores momentos:

Como fica?

Com essa vitória, o Corinthians chegou 53 pontos, ultrapassou o Inter e assumiu a sétima colocação. O Timão está a um ponto do rival São Paulo, que joga nesta quinta-feira, contra o Vasco, e, neste momento, está indo direto à fase de grupos da Libertadores. O Avaí, que já está rebaixado, segue na lanterna, com apenas 18 pontos. Veja a tabela completa.

Primeiro tempo

Em sete minutos de jogo, um mesmo jogador do Avaí deu três sustos no Corinthians: Caio Paulista. Dos pés do atacante saíram dois chutes que obrigaram Cássio a boas defesas e um outro arremate por cima do gol. O Timão só conseguiu levar perigo ao adversário aos 15 minutos, quando Pedrinho se livrou dos marcadores e bateu colocado, por cima do gol. O Avaí respondeu na sequência, em cabeçada de Richard Franco. Mas o Corinthians foi mais eficiente aos 21, quando Gustavo, de cabeça, abriu o placar após cobrança de escanteio de Clayson. Em vantagem, os donos da casa tiveram mais chances, mas não aproveitaram.

Gustagol, autor do primeiro gol do Corinthians

Gustagol, autor do primeiro gol do Corinthians (Foto: Marcos Riboli)

Segundo tempo

Calejado pelos sustos sofridos no primeiro tempo, o Corinthians mudou de postura no começo da etapa final e ampliou logo aos sete minutos, em contra-ataque. Gustavo avançou e deu linda assistência para Júnior Urso marcar o segundo do Timão. Logo na sequência, quase o terceiro. Urso chutou forte e, no rebote do goleiro Vladimir, Janderson errou. Sem conseguir buscar a reação, o Avaí se fechou no campo de defesa e sofreu pressão do Corinthians, que acertou uma bola na trave com Jadson e teve outras oportunidades de ampliar. Mas o terceiro gol só saiu aos 41, com gol de peito do argentino Boselli, dando números finais ao jogo.

Júnior Urso, autor do segundo gol do Corinthians

Júnior Urso, autor do segundo gol do Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

Comentários