Diego Souza lembra “contratação” de Neymar, Thiago Silva, Marcelo e Paulinho para o Sport: “Relíquia”

“Voltando para o Recife com os novos reforços do meu Leão.” A frase que legenda a postagem de Diego Souza nas redes sociais mexeu com o imaginário dos torcedores do Sport em 2017. Ali, quando convocado para a seleção brasileira por Tite, o ídolo do Rubro-negro presenteou Neymar, Thiago Silva, Marcelo e Paulinho com camisas do Leão.

Três anos após a publicação, que movimentou as redes, não só com torcedores do Sport, o camisa 87, atualmente no Grêmio, relembra o momento e as conversas sobre o clube pernambucano nos bastidores da amarelinha.

“Falei: ‘Deixa tirar uma foto com vocês, porque isso é relíquia, né’. Para mim, também. Porque são jogadores de alto nível, que conquistaram quase tudo que tinham para conquistar na carreira. Acabou que eu postei essa foto, e viralizou. Foi muito legal a repercussão que deu e fiquei muito feliz de poder também estar com jogadores daquele nível na seleção.”

Na época, Neymar defendia o Barcelona, antes da transferência para o Paris Saint-Germain. Na brincadeira, Diego Souza ainda ofereceu ao atacante a camisa com o número 87, que faz alusão ao título do Campeonato Brasileiro daquele ano, rendendo uma polêmica de décadas com o Flamengo. Thiago Silva, Marcelo e Paulinho, por sua vez, estavam respectivamente no PSG, Real Madrid e Guangzhou Evergrande-CHI.

Diego Souza André Sport — Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press

Diego Souza André Sport — Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press

Diego Souza relembra que, na ocasião, assim como ganhou algumas camisas, também decidiu presentear os companheiros de seleção. Um período em que, segundo ele mesmo, “levava” o nome do Sport.

“Sem dúvida falava (do Sport) porque a gente ficava quase duas semanas juntos, todo mundo falava de tudo. Muitos queriam saber como que era também, estrutura, Recife, o clube, como eram os campeonatos. A gente conversava de tudo isso.”

Os gols de Uruguai 1 x 4 Brasil pelas Eliminatórias da Copa de 2018

Os gols de Uruguai 1 x 4 Brasil pelas Eliminatórias da Copa de 2018

O camisa 87, que jogava na seleção como atacante, estava defendendo Sport naquele ano. Ele chamou a atenção de Tite pelo desempenho no Brasileiro do ano anterior, quando o Leão fez a melhor campanha do clube na história dos pontos corridos, terminando em sexto lugar. Com isso, terminou convocado para os jogos contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia.

Carinho guardado

A identificação de Diego Souza com o Sport não se restringiu ao período em que esteve na Ilha do Retiro. Não à toa que, nesta semana, em uma “live” com o comentarista Ale Oliveira, o meia expôs mais uma vez o carinho que tem pelo clube.

Na entrevista, ele elegeu o Rubro-negro como melhor clube pelo qual passou, com exceção do Grêmio, em que está atualmente. Além disso, lembrou de 2011, pelo Vasco, e 2017, pelo Leão, como os melhores momentos no futebol, e da dupla de ataque ao lado de André, também no Recife.

Sem deixar a provocação de lado, quando perguntado sobre quem é o campeão do Brasileiro de 1987, respondeu de pronto: “Sport Club do Recife”. A história do campeonato, vale lembrar, rendeu uma disputa de anos na Justiça. Uma vez que o Flamengo, que se auto intitula campeão, buscou o reconhecimento legal do título, mas perdeu em todas as instâncias.

Comentários