Dilma e PT são condenados por calote na campanha de 2014

A ex-presidente Dilma Rousseff e o Partido dos Trabalhadores (PT) foram condenados a pagar R$ 75,4 mil a uma empresa que forneceu 41,5 mil bandeiras eleitorais para a campanha presidencial de 2014, mas que nunca recebeu pelo serviço. 

A decisão é do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e cabe recurso.

Dilma alegou à Justiça que não houve a entrega do material gráfico à campanha presidencial. 

O diretório nacional do PT afirmou que a responsabilidade pela compra era do diretório estadual do PT em São Paulo.

O TJ, no entanto, não aceitou a argumentação. 

O desembargador Melo Colombi, relator do processo, afirmou que a empresa provou que as bandeiras foram entregues e utilizadas pela campanha presidencial, destaca o portal UOL.

Comentários