Em decisão, Juiz classifica postura dos vereadores de Açailândia como ‘lamentável’

Em decisão proferida na Ação de Reconhecimento de Ato de Posse de Prefeito e Vice-Prefeito de Açailândia, processo nº 0800002-80.2021.8.10.0022, proposta pelo prefeito Aluísio Silva Sousa, o Juiz Aureliano Coelho Ferreira, titular da 2º Vara Cível de Açailândia, classificou a postura dos vereadores eleitos como “LAMENTÁVEL”.

Debates acirrados fazem parte do jogo. Espera-se, no entanto, que os representantes eleitos atuem, ao menos, em respeito ao seu eleitorado. As imagens que circularam logo no primeiro dia do ano apresentam um outro quadro. Diante de um ano difícil, em que crises sanitárias, sociais e econômicas se avolumam, o que se espera é, ao menos, equilíbrio dos representantes eleitos“, afirmou o magistrado.

O Juiz disse mais:

A situação é de tal maneira esdrúxula que exigiu que o prefeito e vice-prefeito, eleitos pelo voto popular e diplomados pela justiça eleitoral – aptos, portanto, a ocuparem os cargos – tomassem posse em duas ocasiões distintas.”

A menção do magistrado se refere ao episódio ocorrido no dia 01/01/2021, em que os vereadores eleitos promoveram uma enorme confusão em razão da eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Açailândia.

Veja: Primeiro dia na Câmara dos Vereadores de Açailândia é marcado por confusão e danos ao patrimônio público

Veja a decisão na íntegra abaixo:

Comentários