Em “saideira” antes de suspensão, Neymar marca, dá assistência, e PSG volta a vencer

  • ResumãoNeymar foi protagonista em seu último jogo na temporada com a camisa do Paris Saint-Germain. Ele fez gol, deu assistência, e os atuais campeões voltaram a vencer após três tropeços: 2 a 1 no Angers, neste sábado, fora de casa, pela 36ª rodada do Campeonato Francês. Di María marcou após o cruzamento do craque brasileiro, enquanto Tait descontou no fim, em rebote do próprio pênalti defendido por Buffon.
  • O JOGOO PSG voltou a vencer após tropeçar na Copa da França (derrota nos pênaltis para o Rennes na final) e Campeonato Francês (derrota para Montpellier e empate com Nice), mas não necessariamente teve uma grande atuação. Teve, bem, Neymar, que fez a diferença para criar e concluir as oportunidades. Aos 20, Dani Alves cruzou na cabeça do brasileiro, que mergulhou para abrir o placar. Ele também fez a jogada do segundo, aos 13 da etapa final, em outra definição de cabeça, de Di María. No fim, o Angers já merecia descontar quando Marquinhos cometeu pênalti em Kanga. Tait bateu, Buffon defendeu, mas o francês conferiu no rebote.
  • A PRIMEIRA EXPULSÃOMarquinhos levou o seu primeiro cartão vermelho pelo PSG – no 245º jogo. O brasileiro cometeu um pênalti claríssimo ao puxar Kanga na área e foi para o vestiário minutos antes do fim da partida. Neymar protestou com o quarto árbitro, argumentando que cabia o amarelo, mas não houve jeito.
  • FIM DE TEMPORADANeymar começa agora a cumprir a suspensão de três jogos pelo soco que acertou no torcedor do Rennes após a final da Copa da França. O que significa que ele só voltará a campo na próxima temporada, perdendo os confrontos diante de Dijon e Reims neste Francês e também a Supercopa contra o Rennes em agosto. O PSG, no entanto, avisou que irá recorrer.
  • A CLASSIFICAÇÃOCampeão antecipado, o PSG subiu para 88 pontos e chegou aos exatos 100 gols na Ligue 1 (média de 2,77), enquanto o Angers caiu para a 13ª colocação, mas sem chances de ser rebaixado. Veja aqui a tabela.

Comentários