Estados Unidos executam 8º preso durante gestão Trump

Irmã da vítima emitiu declaração após a execução. Ela expressou “alívio da família”.

O governo dos Estados Unidos executou, nesta quinta-feira (19), o preso Orlando Hall com uma injeção letal, no estado da Indiana.  

Hall foi condenado à morte pelo estupro seguido de assassinato de uma menina de 16 anos em 1994. 

Ele e três outros homens sequestraram Lisa Rene em seu apartamento no Texas e a levaram para um quarto de motel em Arkansas

Neste quarto, eles a amarraram, estupraram e espancaram com uma pá antes que ela fosse enterrada viva. 

Esta foi a oitava execução federal durante a gestão do presidente Donald Trump, que retomou as penas capitais em julho de 2020.  

Até então, o país estava há 17 anos sem executar presos federais no corredor da morte.  

Funcionários do Departamento de Prisões Federais dos EUA administraram uma dose letal de barbitúrico pentobarbital em uma câmara de execução em Terre Haute, no estado de Indiana.  

Uma irmã da vítima, Pearl Rene, emitiu declaração após a execução de Hall expressando “alívio da família” por chegar “ao fim de um capítulo muito longo e doloroso em nossas vidas”. 

Comentários