‘Estamos em negociação diplomática com a China’, diz Pazuello

“Não há nenhuma discussão política ou diplomática no assunto, e sim burocrática”, diz Pazuello.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou, nesta quinta-feira (21), que a China vai ajudar a “destravar” a burocracia para envio ao Brasil de insumos das vacinas contra o coronavírus

Em um pronunciamento à imprensa, Pazuello declarou: 

“Todos compreendem que os insumos que vêm da China atendem ao Butantan e à Fiocruz. Estamos em negociação diplomática com a China.”  

Pazuello ainda confirmou encontro com o embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming

“Conversei ontem [quarta-feira] pessoalmente duas vezes com o embaixador chinês. Conversei na parte da manhã com ele e solicitei que ele pudesse fazer uma entrevista à tarde, e foi feita. Ele vai fazer as gestões necessárias. Colocou para mim que não há nenhuma discussão política ou diplomática no assunto, e sim burocrática. Ele vai encontrar onde está esse entrave e vai ajudar a destravar.” 

Comentários