‘Estratégia comercial’, diz Mourão sobre queixas de europeus

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, respondeu, nesta quarta-feira (16), à carta enviada por oito países europeus expressando preocupação com as “taxas alarmantes” de desmatamento na Amazônia.

Mourão disse que quer levar representantes da AlemanhaBélgicaDinamarcaFrançaItáliaNoruegaHolanda Reino Unido para visitar a Floresta Amazônica:

“Na carta, eles colocam os representantes deles à disposição para o diálogo, aí nós estamos planejando aquela viagem à Amazônia. Vai ser feita no final de outubro.”

Ainda de acordo com o vice-presidente, serão levados, além dos europeus, embaixadores de outros países “para não ficar uma coisa tendenciosa”:

“Isso não são investidores. São países. Vocês têm que entender o seguinte: faz parte da estratégia comercial dos países europeus esta questão da cadeia de suprimentos. Isso é uma barreira. Existem barreiras tarifárias e não tarifárias, então, isso daí a gente tem que fazer a negociação não só comercial, mas diplomática, como ambiental também.”

Segundo o jornal Valor Econômico, o general disse ainda que a carta dos europeus tem “o mesmo estilo que já recebemos de outros investidores”:

“Aquela mesma conversa que vocês já viram em outras cartas. Mas não tem um tom agressivo, nada disso. O Itamaraty vai conversar com o embaixador alemão. Se for o caso, faz uma reunião com estes embaixadores específicos. Eles não citam dados ali. O ponto focal é um só: é a questão da cadeia de valor alimentar. Ou seja, a rastreabilidade dos produtos.”

Comentários