‘Eu não fecho nada’, diz Bolsonaro sobre lockdown

Como tem feito desde o início da pandemia, Bolsonaro criticou as medidas restritivas.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, reforçou, nesta terça-feira (30), que não é o responsável por políticas de fechamento de setores econômicos adotadas no Brasil.

As medidas restritivas estão sendo adotadas por governadores e prefeitos para tentar conter a proliferação do coronavírus

Como tem feito desde o início da pandemia, Bolsonaro declarou:

“Eu não fecho nada, eu não fecho nada. A vida é tão importante quanto a questão do emprego.”

A declaração foi feita a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, em Brasília.

Na ocasião, o chefe do Executivo ouviu queixas de um simpatizante sobre os fechamentos praticados em alguns estados para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Comentários