Fabrício Queiroz é preso no interior de São Paulo

Queiroz é investigado pela possível participação em esquema de rachadinha na Alerj.

Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, foi preso, nesta quinta-feira (18), em Atibaia, interior de São Paulo.

Queiroz estava em um imóvel que pertence a Frederick Wasseff, advogado da família do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O Ministério Público do Rio de Janeiro pediu a prisão de Queiroz porque encontrou provas com elementos necessários para uma prisão preventiva.

Conforme consta em relatório do Conselho de Atividades Financeiras (Coaf), Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira considerada “atípica”.

De acordo¹ com as investigações do MP, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro continuava delinquindo, estava fugindo e interferindo na coleta de provas.

Ainda no Rio de Janeiro, a Polícia Civil também fez buscas no início da manhã em um imóvel que consta na relação de bens do presidente Bolsonaro, em Bento Ribeiro, Zona Norte da capital fluminense.

Referências: [1]

Comentários