Fernandinho defende Neymar: “Vamos apoiá-lo para que isso não influencie dentro de campo”

A entrevista coletiva da seleção brasileira na manhã deste domingo não poderia ter outro tema principal: o caso Neymar. Primeiro escalado, o veterano volante Fernandinho tentou resumir o sentimento do grupo de convocados.

– Recebi com muita tristeza e achei estranho: 15 dias da viagem até a moça denunciar. Mas acredito que isso vai ser esclarecido o mais rápido possível, acredito na inocência do Neymar. No que depender de nós e da comissão técnica, vamos apoiá-lo para que isso não influencie dentro de campo.

Fernandinho na entrevista coletiva da seleção brasileira — Foto: Pedro Martins / MoWA Press

Fernandinho na entrevista coletiva da seleção brasileira — Foto: Pedro Martins / MoWA Press

O jogador reforçou em seguida a intenção para que o assunto não interfira na preparação da seleção brasileira para a Copa América, a pouco mais de uma semana para a estreia, na sexta-feira da semana que vem, contra a Bolívia, no Morumbi, às 21h30 (de Brasília) – TV Globo, GloboEsporte.com e SporTV transmitem ao vivo.

– Vamos fazer de tudo para que isso não interfira nos dias de treinos e jogos. Tomara que não só ele, mas todas as pessoas envolvidas possam separar bem os fatos.

Um dos mais experientes dos convocados, aos 34 anos, Fernandinho disse que todo cuidado é pouco na era das mídias sociais.

– Nós temos que ter muito cuidado. A pessoa pública hoje acaba tendo mais exposição do que 20, 30 anos atrás. Até por causa das mídias sociais. Então, qualquer coisa que saia do contexto pode ser muito perigoso. Todo cuidado é pouco.

Na quarta pergunta, Fernandinho tentou encerrar o assunto Neymar.

– Ele sabe que tem todo meu apoio, todo apoio do grupo. E no que for possível, vamos dar todo apoio e suporte para ele.

Fonte: GE

Comentários