Filipe Martins é denunciado pelo MPF por racismo

MPF denuncia assessor de Bolsonaro por gesto em sessão no Senado.

O Ministério Público Federal (MPF) no Distrito Federal denunciou à Justiça o assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência da República, Filipe Martins.

A acusação é baseada no gesto feito em março por Martins durante uma sessão do Senado Federal.

De acordo com o MPF, Martins “agiu de forma intencional e tinha consciência do conteúdo, do significado e da ilicitude do seu gesto“.

A denúncia foi apresentada pelo MPF, nesta terça-feira (8), e divulgada nesta quarta (9) pelo portal G1.

Caso a denúncia seja recebida pela 12ª Vara Federal do DF, o assessor do presidente da República, Jair Bolsonaro, responderá por condutas previstas na Lei de Crimes Raciais.

Ainda segundo o MP, ele pode ser condenado à prisão, ao pagamento de multa mínima de R$30 mil e à perda de cargo público.

Comentários