Governador interino diz que Rio não usará vacina sem aval da Anvisa

“Rio de Janeiro não fará isso”, garante o governador interino.

Cláudio Castro (PSC), governador interino do Rio de Janeiro, afirmou que não pretende adquirir e distribuir vacinas contra coronavírussem registro da Anvisa, mesmo se o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizar. 

Em entrevista à emissora CNN Brasil, nesta terça-feira (8), Castro declarou: 

“Pedir é um direito constitucional dele, mas o Rio de Janeiro não fará isso.” 

A declaração de Castro foi uma referência ao governador comunista do MaranhãoFlávio Dino (PCdoB). 

Como noticiou a RenovaMídia, Dino entrou com uma ação no STF com o objetivo de comprar vacinas mesmo sem aval da principal agência de saúde do Brasil

Comentários