Governo do México abre mercado para ovos do Brasil

México, maior consumidor de ovos do planeta, abriu seu mercado para as importações de ovos produzidos no Brasil.

A informação foi repassada à Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A autorização foi emitida na última semana pelo Serviço Nacional de Sanidade, Inocuidade e Qualidade (SENASICA) do governo mexicano.

A decisão é válida para produtos processados em território brasileiro.

Ricardo Santin, presidente da ABPA, avaliou a decisão mexicana:

“A abertura do México, conquistada com os esforços da Adidância Agrícola, Ministério da Agricultura e Ministério das Relações Exteriores, e apoiados pela ABPA, é estratégica para o setor produtivo brasileiro, que aposta no fortalecimento do mercado internacional.  Não apenas pela força deste mercado, mas pela chancela que esta autorização representa em termos de reconhecimento sanitário.”  

E acrescentou:

“A qualidade e o status sanitário fizeram a diferença para inserirmos nosso produto nesse mercado altamente competitivo, com um produto de maior valor agregado.”

No ano passado, o Brasil exportou 7,6 mil toneladas de ovos.  A produção total do país alcançou 49 bilhões de unidades no ano passado, e deve chegar a 53 bilhões em 2020.

Comentários