Guardiola exalta atuação de Gabriel Jesus contra o Real Madrid: “Não há jogadores como ele”

Autor do gol de empate e de algumas das principais jogadas do Manchester City na vitória de virada por 2 a 1 sobre o Real Madrid, o atacante brasileiro Gabriel Jesus foi exaltado pelo técnico Pep Guardiola após a partida no Santiago Bernabéu.

– Não há jogadores no mundo como ele. Quando joga pelas laterais é muito difícil de parar. Eu o escolhi (para começar jogando) porque abre muito bem o campo, porque com Varane, Sergio Ramos, Casemiro e Valverde (na defesa do Real Madrid), ir para o combate direto é muito complicado – explicou o técnico do City após a partida.

+ Confira a tabela completa das oitavas de final da Liga dos Campeões

Gabriel Jesus não sentiu o peso de estrear em um dos estádios mais icônicos do futebol mundial. O atacante teve as duas principais chances do City no primeiro tempo, uma delas defendida por Courtois, e a outra salva por Casemiro quase na linha do gol, após desvio em Sergio Ramos. No segundo tempo, o brasileiro venceu Ramos de cabeça para completar cruzamento perfeito de De Bruyne e empatar o jogo. Quase no fim, com o time inglês já vencendo por 2 a 1, Gabriel Jesus arrancou em velocidade e foi derrubado por Sergio Ramos, que acabou expulso.

– Estou muito feliz pelo jogo que fizemos, fomos muito maduros, pois sabíamos que era um jogo muito difícil. Foi meu primeiro jogo no Bernabéu, mas eu sempre via que era muito difícil jogar aqui. A gente vê todo mundo sempre sofrendo ao jogar aqui. Então fomos muito maduros ao manter a calma, principalmente quando sofremos o primeiro gol – declarou o brasileiro.

Apesar da vantagem de poder até perder por 1 a 0 o jogo de volta, dia 17 de março, em Manchester, Guardiola sabe que a vaga para as quartas de final da Liga dos Campeões da Uefa ainda está aberta.

– Se existe um time que pode dar a volta a qualquer resultado é o Real Madrid – afirmou.

Comentários