Guedes: “Com reforma, um gari ou um deputado vão terminar do mesmo jeito.”

Segundo o UOL, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse ontem (09) que caso sua reforma da Previdência que foi enviada ao Congresso seja aprovada, um gari e um deputado se aposentarão sob as mesmas condições.

“O Brasil ainda não envelheceu e já quebrou a Previdência. Com a nossa reforma, um gari ou um deputado vão terminar do mesmo jeito”, disse Guedes

Ele afirmou ainda que o atual regime de Previdência do Brasil é uma “fábrica de privilégios e desigualdades.”

“Gastar o dinheiro em saúde e educação é virtuoso. Mas esse recurso carimbado é mesmo o que a gente quer? A indexação dos salários em um tempo de inflação foi virtuosa. Hoje não é mais”, afirmou o ministro.

Ele ainda afirmou não ter temperamento para ser coordenador político da reforma, e que não se considera um bom político, mas que é um defensor “honesto” de algumas propostas econômicas e de uma agenda de reformas.

“Vocês viram o meu desempenho lá [na CCJ]. Eu não tenho temperamento para isso”, disse o ministro da Economia.

Informações do UOL e O Antagonista.

Comentários