Guedes interdita debate da reforma tributária, diz Maia

Rodrigo Maia (DEM), presidente da Câmara dos Deputados, acusou, nesta terça-feira (29), o ministro da Economia, Paulo Guedes, de ter interditado o debate sobre a reforma tributária.

Após o governo Jair Bolsonaro desistir de enviar a segunda fase da reforma, Maia escreveu no Twitter:

“Por que Paulo Guedes interditou o debate da reforma tributária?”

Na última segunda-feira (28), segundo o jornal Folha, o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), afirmou que o Planalto só deve apresentar o texto caso haja 340 votos favoráveis:

“Não houve ainda um acordo com os senhores líderes sobre um texto possível e continuaremos trabalhando para que ela [reforma] possa avançar.”

Comentários