Maranhão volta a atingir o pico de mortes diárias por Covid-19

Na última quarta-feira (24), o Maranhão voltou a registrar 39 mortes pela Covid-19, que é o maior número de óbitos diários já registrado em toda a pandemia. 1186 novos casos tambem foram registrados. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Dos casos registrados, 178 foram na Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa), 97 em Imperatriz e 911 nos demais municípios do estado. Ao todo, o estado tem agora 236.832 casos e 5.798 óbitos pela doença.

Os casos ativos, ou seja, pessoas que estão atualmente em tratamento contra a Covid-19, chegaram a 14.213. Desses, 12.487 foram orientados a estar em isolamento domiciliar, 1.093 estão internados em enfermarias e 633 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Até o momento, 216.821 pacientes já se recuperaram da Covid-19.

Detalhes das mortes
As 39 novas mortes provocadas pela Covid-19 foram registradas nas cidades de Pedro do Rosário (1), Santa Helena (1), Palmeirândia (1), Zé Doca (1), Mirinzal (1), Olinda Nova do Maranhão (1), Balsas (1), Bacabal (1), Carutapera (1), Riachão (1), Santo Antônio dos Lopes (1), Porto Franco (1), Açailândia (1), Imperatriz (1), Matões (1), Senador La Roque (1), Santa Luzia (1), Rosário (1), Lago Verde (1), Paraibano (1), Campestre do Maranhão (2), Santa Inês (2), Timon (4) e São Luís (11).

Quanto aos profissionais da saúde, 4.408 já foram infectados pela Covid-19, 4.253 se recuperaram da doença e 75 morreram.

Ao todo, a Secretaria de Saúde diz que já foram realizados 576.939 testes (rede privada + pública) para a Covid-19, sendo que 441.318 casos suspeitos foram descartados.

g1/ma

Comentários