MP solicita a Justiça arquivamento de abuso de autoridade de delegado no MA

O Ministério Público do Maranhão (MP/MA) solicitou o arquivamento de um caso de abuso de autoridade que ocorreu em outubro de 2018, em Santa Inês, a 250 km de São Luís. De acordo com informações, o caso será arquivado por falta de provas.

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindspem), Márcio Rodrigues, esteve na quinta-feira (28) em Santa Inês entrando com um recurso para impedir o arquivamento do caso na Justiça. Ele alega que as imagens captadas pelas câmeras de segurança do presídio servem como provas da situação de abuso de autoridade.

O delegado Ederson Martins não trabalha mais em Santa Inês e no mês passado foi transferido para assumir um cargo na Delegacia Regional de Imperatriz. Ele nega que tenha ocorrido abuso de autoridade no caso.

Delegado usou de abuso de poder para retirar agente penitenciária do local de trabalho — Foto: Reprodução/TV Mirante

Delegado usou de abuso de poder para retirar agente penitenciária do local de trabalho — Foto: Reprodução/TV Mirante

O presidente do Sindicato afirma que além do recurso utilizado para tentar impedir o arquivamento do processo na Justiça, também vai denunciar a promotora responsável pelo caso à Procuradoria-Geral do Estado.

Relembre o caso

A agente penitenciária, Adriana Barros, denunciou o delegado regional Ederson Martins de abuso de autoridade, ela disse que tudo aconteceu por impedir um investigador e uma escrivã da Delegacia Regional de Santa Inês de entrarem no presídio sem antes passar por uma revista.

Os dois profissionais da Delegacia Civil reclamaram ao delegado que foi até o presídio, retirou Adriana a força do local de trabalho, colocou em uma viatura e a levou para a delegacia. Toda a ação foi captada pelas câmeras de segurança do local.

Fonte: G1 Maranhão

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *