MPF apresenta notícia-crime contra assessor de Bolsonaro

O procurador regional da República, Wellington Cabral Saraiva, é o autor da notícia-crime.

– PUBLICIDADE –

A Procuradoria Regional da República da 5ª Região apresentou, na última sexta-feira (26), uma notícia-crime contra Filipe Martins, assessor especial para assuntos internacionais do presidente da República, Jair Bolsonaro, pela prática de racismo.

O ofício foi encaminhado à Procuradoria da República no Distrito Federal (PRDF), que deve analisar se apresenta denúncia.

O procurador regional da República, Wellington Cabral Saraiva, é o autor da notícia.

Saraiva afirma que, em sessão do Senado transmitida ao vivo, Martins fez um gesto simbolizando as letras “W” e “P”, das palavras “White Power”, que significam “Poder Branco”, em inglês.

O episódio foi registrado na sessão em que o assessor acompanhava o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que havia sido convidado para responder questões dos senadores sobre a compra de vacinas contra o coronavírus.

Comentários