Não é momento, diz Gilmar sobre impeachment de Bolsonaro

Magistrado quer uma “união nacional” para resolver o problema da pandemia.

– PUBLICIDADE –

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, diz esperar que haja, enfim, uma “união nacional” para resolver o problema da pandemia de coronavírus.

Após chegar a pedir a demissão do agora ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, Gilmar adotou um tom conciliador em entrevista ao jornal Valor Econômico.

Na conversa com o jornal, Gilmar afirma ainda que não é momento para discutir o impeachment do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O ministro disse ainda que não acredita em ruptura institucional em 2022, mesmo que Lula da Silva (PT) dispute — e vença — as eleições.

Comentários