‘Não tinha conhecimento prévio’, diz Kicis sobre denúncia de Allan

“O Allan dos Santos jogou uma bomba da qual eu não tinha conhecimento prévio”, disse Kicis.

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) comentou, nesta sexta-feira (31), sobre as denúncias feitas pelo jornalista Allan dos Santos, fundador do portal Terça Livre, em live na noite de ontem.

Investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no inquérito das fake news, Allan disse ter deixado o Brasil pensando na sua segurança. Ainda na live, ele fez uma denúncia bombástica:

“E aí, descobriram-se 3 maletas de escuta telefônica no Brasil, uma na casa do Kakay, que é advogado do PT. O outro endereço é na embaixada da Coreia do Norte e a outra maleta de escuta está na embaixada do China. […] Eu estou acusando, aqui, agora, o Luís Roberto Barroso de prevaricação. Ele prevaricou. Ele tem uma informação de escuta telefônica vindo de duas embaixadas. Isso é contra qualquer Lei de Segurança Nacional e ele não avisou o presidente da República. Então ele prevaricou.”

Ao comentar sobre as declarações de Allan, a parlamentar tentou se afastar da denúncia:

“O Allan dos Santos jogou uma bomba da qual eu não tinha conhecimento prévio.”

Bia Kicis completou:

“É claro que ele terá que apresentar provas. Repito: desconheço os fatos.”

Em entrevista à rádio Jovem Pan, horas atrás, o advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, mais conhecido como “Kakay”, comentou sobre as denúncias:

“O que fiquei espantado é que se deu numa live da deputada federal Bia Kicis. Como uma deputada usa o prestígio que o parlamento tem para poder vir com uma história que é absolutamente ridícula?”

Comentários