Neymar recebe nota 2 da France Football após queda do PSG para o City: “Catastrófico”

Neymar prometeu a vitória para o PSG contra o City, “nem que seja morto”, mas ela não veio. Pelo contrário. O camisa 10 deixa a Inglaterra com a eliminação do Paris na semifinal da Champions e muitas críticas por sua atuação na derrota por 2 a 0. O brasileiro foi mal avaliado pelos principais veículos franceses.

Quem foi mais duro na análise contra o camisa 10 foi a revista “France Football”, responsável pelo prêmio “Bola de Ouro”. O veículo deu nota 2 para o camisa 10 e criticou pesadamente o seu individualismo na partida. Veja o texto:

France Football: nota 2 para Neymar
– Neymar, isso foi uma piada? Era realmente necessário dar seis toques na bola toda vez que ele a tinha? Neymar revelou seu lado negro contra o Manchester City.

“O mais insuportável possível, o brasileiro queria fazer tudo sozinho. Na ausência de Kylian Mbappé, ele decidiu que o destino da partida mudaria apenas graças a ele”, diz a revista.

– Centro do mundo aos seus olhos, ele incomodava seus companheiros de equipe servindo-os muito raramente. O brasileiro aniquilou um número impressionante de bolas boas. Ele adicionou a esse egocentrismo um final horrível para o jogo, onde procurou ferir fisicamente os Cytizens. Todos os parisienses desistiram. Ele também, quando deveria ser o líder técnico esta noite – continua a “France Football”.

“Mais uma vez levado pelas emoções, Neymar foi catastrófico”, resume a revista.

Vale ressaltar: Florenzi, Diallo e Icardi também levaram nota 2 da “France Football”. O jornal esportivo “L’Equipe” e o diário “Le Parisien” pegaram mais leve nas descrições da atuação de Neymar, mas também criticaram o brasileiro:

L’Equipe: nota 3 para Neymar
– Ele havia prometido morrer em campo, infelizmente ele se perdeu sua partida. Não no engajamento, mas mais em seus pontos fortes, onde foi insuficiente: perda de bola (minuto 61, minuto 73) repetidamente, passes ruins, escolhas perigosas. Não poderia fazer nenhuma diferença com o seu drible, especialmente contra o Walker. Decepcionante.

Le Parisien: nota 4 para Neymar
– O camisa 10 anunciou “querer morrer no campo”. Ele decepcionou, apesar das boas intenções no primeiro tempo. Por falta de altruísmo, ele entrou em conflito com o bloco do City.

Na avaliação dos dois jornais, Florenzi e Icardi também receberam notas mais baixas que o brasileiro.

O Manchester City avançou para fazer a sua primeira decisão de Liga dos Campeões na história. O PSG estava em sua terceira semifinal e caiu pela segunda vez. O time de Guardiola agora aguarda por Real Madrid ou Chelsea, que fazem a outra semi nesta quarta, em Londres. Espanhóis e ingleses empataram por 1 a 1 no jogo de ida. A final da Champions é no dia 29 de maio, em Istambul.

Comentários