Novo capítulo da devassa da Receita sobre artistas da Globo

Receita está fiscalizando e multando artistas, diretores e autores que prestaram serviços para a Globo.

Receita Federal segue avançando a apuração de contratos Pessoa Jurídica (PJ) feitos pela emissora Rede Globo nos últimos anos. 

O órgão do governo de Jair Bolsonaro teria começado a investigar familiares que são sócios de funcionários da Globo, além de questionar valores declarados de bens imóveis.

A informação foi divulgada, nesta segunda-feira (14), pelo jornalista Vinícius Andrade, no site Notícias da TV.

Nós te apresentamos mais detalhes sobre a reportagem:

  • Esse é um novo passo da devassa que a Receita Federal começou a fazer em janeiro de 2020
  • Depois de fiscalizar os atores na Pessoa Física (CPF), o órgão financeiro começou a apurar os ganhos na Pessoa Jurídica (CNPJ).
  • Um advogado tributarista ouvido pelo site aponta que existe uma prática “mais comum do que se imagina” nesse setor: o artista ter um familiar que participa como sócio da empresa.
  • Nessa nova etapa da investigação, a Receita ampliou a fiscalização para os bens adquiridos pelos sócios.
  • Além dos artistas da Globo, também estão sendo investigados pela Receita autores, diretores e jornalistas.

Comentários