Operação da PF mira desvios de encomendas pelos Correios

Investigados responderão pelos crimes de organização criminosa e peculato.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (24), a operação “Replicante”, no Estado do Rio de Janeiro, com o objetivo de combater um suposto esquema criminoso de fraudes e desvios de encomendas nos Correios

As investigações foram iniciadas em janeiro de 2019. Na operação de hoje, estão sendo cumpridos nove mandados de busca e apreensão na cidade do Rio. 

A ação criminosa pode ter causado um prejuízo de até R$ 1 milhão em desvios de encomendas.  

Na prática, para fazer os desvios, os integrantes da quadrilha efetuavam substituição de etiquetas verdadeiras, que continham os dados da entrega, por etiquetas falsas.  

A troca era praticada com uso de números de postagens já utilizados, para elaborar as falsas etiquetas, e assim enviar os produtos aos membros da organização.  

As encomendas eram entregues de forma normal pelos carteiros que, aparentemente, não participavam do esquema criminoso, ainda de acordo com a PF. 

Caso seja comprovada culpa pela Justiça, os investigados responderão pelos crimes de organização criminosa e peculato, além de outros que possam surgir no decorrer das investigações. 

Comentários