Palmeiras: Bruno Henrique diz que esposa foi agredida por torcedores após a partida contra o Athletico-PR

O volante Bruno Henrique, do Palmeiras, revelou que a sua esposa, Bhel Dietrich, foi agredida por torcedores ao sair da Arena da Baixada na noite deste domingo, depois do empate por 1 a 1 entre o time alviverde e o Athletico-PR. A informação foi publicada pelo UOL.

De acordo com o atleta, sua esposa foi cercada por um grupo de torcedores, xingada e empurrada. Outros familiares também estavam presentes no momento. A assessoria de Bruno Henrique confirmou o episódio ao UOL, dizendo que Bhel Dietrich foi agredida. O Palmeiras ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.


Lives, conteúdos originais e o melhor da programação da ESPN! Inscreva-se no nosso canal do YouTube, ative as notificações e não perca nenhum vídeo!

No mês de setembro, após a derrota do Palmeiras para o Flamengo, um vídeo viralizou nas redes sociais. Um torcedor palmeirense cobrou Bruno Henrique na rua, chamando o volante de ‘pipoqueiro’, no momento em que ele passeava com a sua esposa. Na ocasião, Bhel Dietrich discutiu com o torcedor, depois das ofensas ao marido.

O Palmeiras ficou mais distante do título do Campeonato Brasileiro após os jogos deste domingo. Com o triunfo por 2 a 0 no clássico contra o Fluminense, no Maracanã, o líder Flamengo abriu dez pontos de vantagem para a equipe alviverde.

Comentários