PF mira vazamento de dados do presidente Bolsonaro

“Determinei à PF abertura de inquérito para investigar vazamento de informações”, diz Mendonça.

O Ministério da Justiça determinou a instauração de um inquérito para apurar o vazamento de dados do presidente da República, Jair Bolsonaro, seus filhos, ministros e aliados.

O pedido da investigação pela Polícia Federal (PF) foi confirmado¹ pelo ministro André Mendonça nesta terça-feira (2).

vazamento² dos dados ocorreu na noite de segunda, dia 1º de junho, em perfis no Twitter que dizem ser ligados ao grupo hacker Anonymous Brasil.

“As investigações devem apurar crimes previstos no Código Penal, na Lei de Segurança Nacional e na Lei das Organizações Criminosas”, escreveu³ Mendonça na rede social Twitter.

O Palácio do Planalto e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) ainda não se manifestaram oficialmente sobre o vazamento.

O filho do presidente e vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) confirmou que os dados são verdadeiros.

Referências: [1][2][3]

Comentários