Presidente prorroga ação das Forças Armadas na Amazônia

Bolsonaro prorroga atuação de militares no combate a crimes na Floresta Amazônica.

O governo do presidente Jair Bolsonaro tem recorrido às Forças Armadas para ações de fiscalização ambiental na Amazônia nos últimos anos.

Nesta segunda-feira (28), o chefe do Executivo prorrogou por mais dois meses a presença de militares na Floresta Amazônica para combater crimes ambientais.

A informação está presente em um comunicado divulgado pelo Palácio do Planalto.

O prazo da chamada Garantia da Lei e da Ordem (GLO) ambiental começa nesta segunda-feira (28) e se estende até 31 de agosto.

Os militares brasileiros vão atuar num conjunto de municípios específicos em situação problemática e em áreas da União, como terras indígenas e unidades federais de preservação. 

O efetivo militar das Forças Armadas do Brasil poderá ser empregado em outros locais, desde que o governador do Estado faça uma requisição ao presidente da República.

Renova Mídia

Comentários