Procuradores do Peru saem em defesa de Dallagnol

Um grupo de 13 investigadores de órgão do Peru equivalente ao Ministério Público Federal (MPF) divulgou, neste domingo (16), uma nota para manifestar apoio ao procurador e coordenador da operação “Lava Jato“, o procurador Deltan Dallagnol.

No texto, os investigadores peruanos se dizem preocupados com a possibilidade de destituição de Dallagnol.

O procurador foi descrito como “pilar fundamental” na cooperação internacional para combate de casos de corrupção transnacional na América Latina.

“As ações que buscam afetar a independência dos fiscais ou procuradores responsáveis pelas investigações de casos de corrupção são alvo de preocupação internacional”, argumenta a nota, segundo o portal Terra.

Comentários