Protesto contra lockdown termina com 50 detidos na Finlândia

50 pessoas foram detidas, neste sábado (1º), durante um protesto em Helsinque, capital da Finlândia, contra o lockdown adotado pelo governo para tentar combater a pandemia de coronavírus.

A manifestação, que reuniu centenas de no centro da capital finlandesa, foi dispersada pelas forças de segurança.

Saiba mais detalhes:

  • Com 5,5 milhões de habitantes, a Finlândia tem um dos melhores balanços contra a Covid-19 da Europa.
  • No entanto, reuniões públicas de mais de seis 6 estão proibidas em Helsinque em meio à pandemia.
  • As pessoas foram detidas por não cumprirem as ordens das autoridades. Elas serão multadas.

Comentários