Redes sociais são usadas contra ‘instituições democráticas’, diz Maia

“O que não pode é essas estruturas serem usadas contras as instituições democráticas”, disse Maia.

Rodrigo Maia(DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, defendeu, nesta quarta-feira (27), a criação de um marco legal que responsabilize as plataformas de redes sociais pela disseminação de fake news.

Maia afirmou que o debate já acontece no Brasil e no mundo, destacando que “de alguma forma as plataformas digitais precisam ter alguma responsabilidade”.

O parlamentar disse ainda que é preciso “separar o que é crítica e o que é disputa política daquilo que é ameaça, agressão”. 

Maia complementou que ofensas não podem ser tratadas como uma questão de liberdade de expressão, enfatizando que quando se sentiu agredido dessa maneira, procurou a Justiça.

“O que não pode é essas estruturas serem usadas contras as instituições democráticas, como às vezes são usadas”, afirmou.

O deputado acrescentou que a responsabilização das plataformas não seria pelos conteúdos divulgados, mas pelo monitoramento de quem publica. 

Comentários