Relógio movido a suor é desenvolvido no Japão

Pesquisadores japoneses estão tentando usar o próprio corpo humano como fonte de energia.

Um grupo de cientistas da Universidade de Tóquio, no Japão, criou células de biocombustível capazes de realizar o carregamento de equipamentos eletrônicos vestíveis por meio do suor do usuário.

A energia elétrica é gerada a partir do lactato, substância produzida pelo organismo após a queima de glicose.  

Em atividades físicas de longa duração, a produção de lactato tem uma elevação considerável.

Com base neste excedente, os pesquisadores japoneses querem tirar a energia para abastecer os gadgets espalhados por nosso corpo.

Confira no vídeo abaixo como o suor se transforma em eletricidade.

Comentários