Senado do Chile aprova acordo de livre comércio com Brasil

O Senado do Chile aprovou, nesta terça-feira (11), um acordo de livre comércio com o Brasil.

O texto complementa um pacto da década de 1990 com o bloco Mercosul e incorpora questões relacionadas a telecomunicações, comércio eletrônico, meio ambiente e PMEs.

Após a aprovação do acordo, o chanceler chileno Andrés Allamand declarou:

“Hoje, mais do que nunca, é essencial fortalecer nossas alianças comerciais para impulsionar a recuperação econômica.”

E, segundo o jornal Folha, acrescentou:

“Vai incorporar novos termos de ponta, atualizar os existentes e permitir que pequenas e médias empresas chilenas tenham igual acesso ao grande mercado brasileiro de compras públicas.”

Comentários