Teresina testa pessoas vindas do Maranhão para evitar entrada da variante indiana do coronavírus

As pessoas que circulam entre Teresina e Timon, no Maranhão, e passam pela Ponte da Tabuleta, na Zona Sul da capital, vão ser testadas para a Covid-19. A ação na barreira sanitária, que iniciou nesta sexta-feira (28) e segue até domingo (30), tem como objetivo fazer a busca de pessoas com Covid-19 que vem ao Piauí, e assim evitar a expansão da variante indiana da doença já detectada no estado vizinho.

Durante a ação, a equipe da Fundação Municipal de Saúde (FMS) vai abordar os passageiros que cruzarem a fronteira e realizar aferição de temperatura e questionamentos para a detecção de sintomas gripais.

Em seguida, aqueles identificados como suspeitos passarão por testagem para confirmar ou não o caso de Covid-19. As equipes também vão orientar e tirar dúvidas sobre a prevenção da doença.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, destacou que a pandemia não acabou e que a população não deve se descuidar.

“Devemos manter as medidas de prevenção, principalmente agora que novas cepas estão surgindo. Queremos com essa ação, além de evitar a chegada da nova variante, divulgar informações de prevenção aos motoristas e passageiros”, disse o gestor.

Teresina testa pessoas vindas do Maranhão para evitar entrada da variante indiana do coronavírus — Foto: FMS

Teresina testa pessoas vindas do Maranhão para evitar entrada da variante indiana do coronavírus — Foto: FMS

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), acompanhou o primeiro dia de trabalho das equipes na barreira sanitária. Ele falou sobre as ações para evitar a disseminação do coronavírus na cidade, como fiscalizações, vacinação e ações educativas para incentivar as medidas de prevenção.

“Estamos aqui na barreira para alertar a população sobre a Covid-19 e dizer que todos precisam se cuidar. Nosso desejo era vacinar todo mundo, não temos insumos mas temos pressa em ver todo mundo imunizado, e estamos vacinando imediatamente à medida que recebemos novas doses”, disse o prefeito.

Além da FMS, a ação conta com o apoio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans) e Guarda Civil Municipal (GCM).

Interior tem caso de Covid confirmado em barreira

As barreiras sanitárias também foram intensificadas no interior do Piauí  — Foto: Ascom Sesapi

As barreiras sanitárias também foram intensificadas no interior do Piauí — Foto: Ascom Sesapi

As barreiras sanitárias também foram intensificadas no interior do Piauí em ao menos 25 pontos. Nesta sexta-feira (28), a cidade de Guadalupe, município que faz fronteira com São João dos Patos, no Maranhão, registrou um caso de Covid-19 na barreira sanitária Instalada na fronteira entre os dois municípios.

Segundo a Secretaria de Saúde da cidade piauiense, o homem que testou positivo para a doença não possuía residência fixa em Guadalupe e foi orientado a retornar ao seu município de origem.

Durante a abordagem dos veículos vindos das cidades do Maranhão, as equipes do programa Busca Ativa da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) coletam informações da população, além de acompanhar se alguém apresenta algum sintoma, dando orientações e encaminhamentos adequados para cada situação.

A coordenadora do programa Busca Ativa, Dilia Falcão, disse que as barreiras têm a função de conscientizar a população e que a cooperação popular é essencial para que as ações atinjam seus objetivos.

“As pessoas precisam entender que a pandemia não acabou, e as barreiras estão aí não somente para fiscalizar, mas para ter essa conversa sobre o tema, explicar para as pessoas que agora mais do que nunca é necessária a manutenção dos cuidados de prevenção à Covid-19. Não podemos negligenciar esses cuidados: usar máscara, utilização do álcool em gel, limpeza das mãos, que são as medidas principais para evitar uma propagação do vírus”, disse a coordenadora.

Municípios com barreiras sanitárias no Piauí

As barreiras que serão reforçadas estão localizadas nos seguintes municípios: Ilha Grande; Parnaíba; Gilbués; Santa Filomena; Ribeiro Gonçalves; Uruçuí; Antônio Almeida; Porto Alegre do Piauí; Guadalupe; Jerumenha; Floriano; Amarante; Palmeirais; Nazária; União; Miguel Alves; Porto; Campo Largo do Piauí; Matias Olímpio; Madeiro; Joca Marques; Luzilândia; Joaquim Pires; Murici dos Portelas e Buriti dos Lopes.

G1MA

Comentários