Trio GSM funciona completamente pela primeira vez e garante vitória ao Barcelona

Resumão

Um, dois, três, o GSM funcionou completamente pela primeira vez. O trio formado por Griezmann, Suárez e Messi deixou sua marca inicial na temporada: todos fizeram gols na vitória por 3 a 0 sobre o Eibar, fora de casa, pela nona rodada do Campeonato Espanhol. O francês abriu o placar aos 12 minutos de jogo, deu passe para o argentino ampliar no mesmo tempo da etapa final e ainda o lançou aos 20. O camisa 10 mostrou que não é mesmo egoísta e deixou o uruguaio livre para fechar a conta.

TABELA

A vitória deixou o Barcelona na liderança provisoriamente. Com 19 pontos, ficou um à frente do Real Madrid. O time da capital entra em campo às 16h (de Brasília) para enfrentar o Mallorca, fora de casa. Confira a tabela completa do Campeonato Espanhol.

De Jong, Griezmann, Luis Suárez, Sergi Roberto e Messi comemoram gol do Barcelona

De Jong, Griezmann, Luis Suárez, Sergi Roberto e Messi comemoram gol do Barcelona (Foto: EFE/Javier Etxezarreta)

O JOGO

O Barcelona venceu, ok. O trio funcionou, tudo bem. Mas não foi assim tão fácil. Em casa, o Eibar se mostrou valente. Com marcação alta, tentou encurralar o time catalão na defesa. Mas a zaga francesa formada por Lenglet e Umtiti, auxiliada pelos volantes De Jong e Busquets, foi firme na marcação e deixou poucos espaços. Tanto que os anfitriões só finalizaram uma vez no gol, em chute fraco de fora da área, no primeiro tempo, mesmo tendo equilibrado a posse de bola ao longo dos 90 minutos.

Luis Suárez comemora gol do Barcelona

Luis Suárez comemora gol do Barcelona (Foto: EFE/Javier Etxezarreta)

Apoiados na categoria e precisão de Griezmann, Suárez e Messi, os blaugranas foram letais em dois contra-ataques, para abrir e fechar o placar, e ainda mostraram dominio da área ofensiva no segundo, com boa troca de passes.

Griezmann comemora gol do Barcelona

MARCA DO DENTUÇO

O gol deixou Suárez em quarto lugar entre os maiores artilheiros da história do Barcelona, ao lado do catalão Josep Samitier, lenda do clube na década de 1920. Marcou 184 vezes em 256 jogos – nas últimas quatro partidas, mandou a bola para dentro cinco vezes. Está atrás apenas de Kubala (194), Cesar (232) e Messi (605 e contando…). Na carreira, o uruguaio soma 464 nas 733 oportunidades em que entrou em campo.

CONTAGEM PARA 700

Messi fez o segundo gol na temporada, o 672º gol da carreira. Aos 32 anos, está a 28 da marca de Cristiano Ronaldo, de 34 anos. Quem vai somar mais até se aposentar?

Bola no fundo da rede no gol de Messi pelo Barcelona sobre o Eibar

Bola no fundo da rede no gol de Messi pelo Barcelona sobre o Eibar (Foto: EFE/Javier Etxezarreta)

Comentários