UFMA anuncia expulsão de 525 estudantes nos cursos de graduação

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) anunciou nesta terça-feira (4) que 525 estudantes foram jubilados, ou seja, foram desligados do curso. Segundo a UFMA, todos os alunos foram comunicados da decisão.

“Não são apenas estudantes de 2019. Foi um processo que começou em maio com o edital de cancelamento temporário e posteriormente em julho e julho foram realizados dois editais de readmissão. Aqueles estudantes que não se apresentaram foram listados naquele edital de desligamento (novembro) e ainda tiveram 90 dias para contestar”, afirmou a Pró-Reitora de Ensino, Isabel Ibarra.

De acordo com Isabel Ibarra, os alunos foram expulsos porque não cumpriram algumas regras da universidade, como não cursar nenhuma disciplina no semestre anterior, reprovar três vezes na mesma disciplina ou extrapolar o tempo de integralização curricular.

UFMA anuncia desligamento de mais de 500 alunos que perderam vagas em cursos de graduação

UFMA anuncia desligamento de mais de 500 alunos que perderam vagas em cursos de graduação

De todos esses alunos jubilados, apenas 17 recorreram dentro do prazo e ainda possuem chances de ficar na universidade. Segundo a UFMA, as vagas que sobraram serão oferecidas durante o ano em processos de seleção interna, que também usa as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Comentários