Visitantes terão que se espremer entre casal nu para entrar em exposição em Londres

Podemos chamá-lo de um pequeno corredor polonês. Só com uma diferença: cada lateral só tem uma pessoa. Sem roupa. E a dupla não tem a menor intenção de desferir golpes. O objetivo é ficar totalmente parado para que você atravesse o corredor apertado, com espaço pelo qual mal passa uma pessoa.

Imaginou a cena? Pois ela estará na entrada de um espaço da Real Academia de Artes, em Londres (Inglaterra). Trata-se de uma recriação de um audacioso e controvertido projeto de 1977. A artista sérvia Marina Abramovic ficou frente a frente com o namorado, Ulay, ambos nus, para que os visitantes de uma exposição se espremessem entre eles.

Quando foi realizado pela primeira vez, o projeto fez muita gente dar meia volta. Agora, disse a curadora Andrea Tarsia ao “Sun”, acredita-se que quase ninguém se recuse a passar pelo estreito corredor humano.

“Eles não conseguiram lidar com isso e não tinham certeza do que estavam vendo. Alguns passaram. Alguns passaram várias vezes, na verdade”, comentou a curadora.

A Real Academia de Artes está selecionando o casal que fará a nova versão de Marina e UlayVocê se arriscaria? A posar ou a atravessar?

Comentários