Weintraub participa de ato pró-Bolsonaro em Brasília

“Se eles nos calarem, eles vão escravizar todo mundo nesse País”, disse Weintraub no ato.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, participou, neste domingo (14), de um ato de apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Em interação com os apoiadores, Weintraub declarou:

“Querem tirar a nossa liberdade, não podemos nos locomover, não podemos mais educar a nossa família como queremos educar, não podemos falar o que a gente pensa e não podemos nem mais trabalhar. Tiraram todos os direitos do Brasil e isso não foi de uma hora para outra. Isso foi gradualmente acontecendo.”

Questionado por apoiadores sobre impostos pagos para “funcionários corruptos”, Weintraub disse que já tinha falado sua opinião sobre “os vagabundos”.

“Eu já falei a minha opinião, o que eu faria com vagabundo”, disse Weintraub, sem deixar claro a quem se referia.

Weintraub ainda voltou a dizer que há um movimento para calar a “liberdade de expressão” dos manifestantes pró-Bolsonaro:

“A liberdade de expressão é a primeira coisa que temos que defender. Se eles nos calarem, eles vão escravizar todo mundo nesse País.”

Comentários